Acordou, beijou, deu um gole no café, abriu a janela… E percebeu que não precisava de mais nada para ser feliz.

Acordou, beijou, deu um gole no café, abriu a janela… E percebeu que não precisava de mais nada para ser feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *